Archive for the ‘espectáculos’ Category

Diana, a inquieta

21 de Janeiro de 2010

A organização do festival erótico já não sabe o que inventar para levar os mirones aos pavilhões. Este ano, de 4 a 7 de Ffevereiro em Gondomar, a grande atracção tem uma habilidade que não está ao alcance de todas. Diana Ramos, 27 anos, é a recordista de Gang Bang que consegue fazer sexo com 700 homens em 48 horas(média de 6 minutos). A actriz brasileira, segundo a organização, começou  a carreira aos 18 anos e vê nas artes performantivas uma oportunidade para se revelar sentimentos. “Esta é a indústria ideal para expressar as minhas inquietudes criativas.”

Esperança popular

20 de Setembro de 2009

O filme tem sido esquartejado pela crítica. É certo que “A Esperança Está Onde Menos se Espera” não é uma obra prima da sétima arte, peca pela falta de universalidade. Porém, apesar de estar longe do Mundo, está no centro de Portugal, recorrendo a cenários cliché da cidade alfacinha: Cascais e Cova da Moura. É uma tentativa de Joaquim de Oliveira organizar o quintal à beira-mar plantado, como revela esta resposta que faz parte de uma entrevista que pode ser lida, na integra, na revista Focus

Em Portugal vive-se uma grave situação económica , mas neste caso a família atingida pela crise vive bem, mas de forma precária. Não podem ser considerados ricos, são de classe média…

Joaquim Leitão: Conto a história de pessoas que têm um bom ordenado, têm uma vivenda, mas não é deles: têm de pagar um empréstimo. O ordenado é bom, mas tudo o que é ganho é gasto. Quando ficam sem o ordenado. Tudo se perde. Nada lhes pertence. As despesas são de tal forma altas que não podem ser liquidadas. Numa das cenas do filme, a Mãe é confrontada com o salário mínimo, mas provavelmente a quantia corresponde àquilo que ela estava habituada a gastar em roupa.

PS.  O cinema pode ser simples, pode ser popular

Eles também cantam

11 de Setembro de 2009

Os dotes musicais não são suficientes para levar o proletário a uma sala de espectáculos. O arroz está caro, a água e o gás andam pela hora da morte. Além da conjuntura, o Casino Estoril tem uma grande falha estrutural: falta um McDonallds para o pessoal ir encher o bandulho antes do espectáculo. Henrique Feist fez um trabalho talentoso. Junto oito aves canoras bem musculadas e depenou-as. Durante 110 minutos, o musical Rapazes Nus a Cantar transforma-se numa divertida visita ao universo homossexual. Em oito Sketches os rapazes falam sobre formas banais de felicidade: amor, fantasias, desejo e sonhos. Tudo é igual à vida hetero

De terça a sábado às 22 horas

De terça a sábado às 22 horas

. O que perde em mulherio, ganha em gargalhada.

Ps. A entrada é puxadota: <P><I>Homens nus a cantar<P><I> 20 euros

Franz Ferdinand – 22 euros

La Traviata – 10 a 35 euros

Carmina Burana 15 euros